• Home
  • Redação
  • Aqui está como fazer um texto dissertativo-argumentativo

Aqui está como fazer um texto dissertativo-argumentativo

Provavelmente você já ouviu falar que a redação do Enem deve ser feita no modelo de texto dissertativo-argumentativo.

  • Mas você sabe o que isso significa?

Significa que você deve criar a redação a partir do tema proposto pelo examinador e defender seu ponto de vista. Lembrando que, para defender seu ponto de vista, você deve estar de acordo com as cinco competências esperadas.

Quer ver quais são as cinco competências cobradas na redação do Enem 2022?

Clique na imagem abaixo para ler a legenda e nos segue lá no insta: @canaldoestudante_.

Claro que o texto dissertativo-argumentativo não é somente sobre defender algo que você acredita. Pensando nisso, separei sete dicas que vão ajudá-lo nessa missão.

1. Saiba estruturar o seu texto dissertativo-argumentativo

Espera-se que um texto dissertativo-argumentativo tenha começo, argumentação e desfecho, normalmente divididos em cinco parágrafos para atingir o máximo de trinta linhas definidas para a redação.

Sim, também existe um mínimo, que é de oito, mas é recomendado que você se esforce para escrever mais que 20.

Como o nome já diz, o primeiro parágrafo deve ser a sua introdução. Na introdução você deve apresentar o tema proposto fazendo um resgate histórico e mostrar que tem conhecimento sobre o tema.

Indica-se, então, que os três próximos parágrafos sejam usados para a sua argumentação. É aqui que você vai defender seu ponto de vista com argumentos sólidos, viáveis e que convençam o seu leitor.

Depois, vem a conclusão, onde você deve elaborar uma solução para o tema ou problema proposto. Obviamente, deve ser algo aplicável e não uma ideia que os avaliadores possam considerar inatingível.

2. Não fuja do tema proposto

Sim, você já sabe como estruturar o seu texto, mas outra coisa muito importante na redação dissertativa-argumentativa é não fugir do tema proposto.

Muitos estudantes, por não entenderem ou não terem conhecimento sobre o assunto, escrevem sobre qualquer coisa – e têm suas notas zeradas.

3. Seja coerente, simples e direto

coesão, por se tratar da conexão lógico-semântica das ideias do texto, ajuda a dar um melhor fluxo de leitura. Toda a lógica por trás da sua argumentação dependerá da coerência do seu texto dissertativo-argumentativo, afinal, é necessário existir sentido e conexão entre a introdução, o desenvolvimento e a conclusão.

Ser simples e direto também é uma forma de não se perder no caminho. Seu texto precisa ser objetivo e não adianta ele dar várias voltas e não chegar a lugar nenhum.

4. Evite os erros gramaticais e vícios de linguagem

Também é esperado que você não cometa erros gramaticais ou insira palavras com vícios de linguagem.

Muitas vezes, na correria, é normal escrever uma palavra ou outra de maneira errada, por isso é importante revisar o seu texto antes de entregar a prova.

Esse tipo de erro vai diminuir a sua nota e dificultar o seu caminho para uma redação dissertativa-argumentativa nota mil no Enem.

Os avaliadores do ENEM também esperam que você não faça o uso de gírias, palavras abreviadas e, principalmente, com vícios de linguagem da internet.

Caso você queira utilizar uma palavra que não se encaixe na norma culta, mas que tem a ver com o tema proposto, utilize as aspas para mostrar que você tem conhecimento de que aquela palavra não deve ser usada ali normalmente.

5. Defenda o seu ponto de vista com argumentos

Ter opinião sobre um assunto específico é ótimo, mas como defender isto? Só a sua opinião não importa, é preciso ter argumentos, claro.

Por isso é importante que você tenha boas referências, como livros, pensadores, especialistas etc.

Nesse mesmo contexto, o “eu acho” não terá peso em sua redação, e escrever em primeira pessoa também não. 

Então, faça todas as sentenças na terceira pessoa, como se estivesse falando para diversas pessoas.

6. Respeite o próximo

Talvez você não saiba, mas são cobradas 5 competências no texto dissertativo-argumentativo do Enem e o respeito ao próximo, inclusive, é uma das competências esperadas pelos corretores.

Em suma, você não deve ferir os direitos humanos em sua redação apenas para defender o seu ponto de vista.

Caso o tema aborde algo que você é contra, não tem problema, mas elabore seus motivos de maneira clara, simples e sem ofender quem é a favor.

Se os avaliadores se deparam com uma redação que tenha cunho preconceituoso, como homofobia ou racismo, por exemplo, você pode ser desclassificado do Exame.

7. Esteja pronto pra tudo

Por fim, a última e não menos importante dica para fazer uma redação dissertativa-argumentativa nota mil no Enem é estudar.

Muitos candidatos se preparam apenas para a prova objetiva e deixam a discursiva de lado. Entretanto, a redação vale mil pontos e, com isso, mudar completamente a história do jogo.

Estudar não é apenas sentar e escrever, é preciso ter conhecimentos sobre a estrutura da criação do texto. Por isso, esteja sempre atualizado.

Para se manter mais atualizado com dicas de redação segue nosso instagram @canaldoestudante_

MAIS DICAS
ASSISTA: os melhores vídeos sobre dicas de estudos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.