Como criar um Hábito de Estudo

Existem três gatilhos que são essenciais para quem quer começar e criar um hábito de estudo. Provavelmente você já saiba, mas muitos estudantes não conseguem progredir nos estudos ficando estagnado e, por fim, acaba desistindo de estudar.

Abaixo, você vai entender o que é um hábito de estudos e, logo depois, vou explicar como será sua rotina de estudos assim que implementar hábitos para estudar melhor em apenas três passos.

O que é um hábito de estudo?

Muitas pessoas confundem rotina e hábito, alguns até acham que é a mesma coisa, mas não é!

Para ser mais didático, decore isso:

A rotina é a escada que te levará para o hábito.

No artigo abaixo, eu detalho exatamente essa diferença.

Mas, respondendo a pergunta desse tópico de acordo com o dicionário: “Prática repetida que se torna conhecimento ou experiência; Aquilo que você faz regularmente de forma natural e sem esforço.”

Ou seja, a partir do momento que você começar a sentir desejo, vontade natural de estudar, você terá criado o hábito de estudar. Mas como fazer isso?

Em 2009, foi publicado na revista European Journal of Social Psychology um estudo que aponta que são necessários 66 dias para que um novo comportamento se torne automático.

Da mesma forma, pesquisadores identificaram um padrão sequencial de acontecimentos que indicam ao cérebro o que se tornará um hábito em sua vida. Logo, essa sequência foi divida em três partes: Gatilho, Rotina e Recompensa.

Você vai entender como funciona cada componente do hábito e o passo a passo para você criar – e manter – o hábito de estudo de maneira simples e eficaz.

Abaixo, você vai aprender:

  • 3 gatilhos poderosos para criação do hábito de estudo
  • 3 tipos de rotinas presentes em um hábito
  • Como definir recompensas que irão ajudá-lo a criar o hábito de estudar

Esse cenário descrito abaixo pode até parecer fantasioso para muitos, mas isso aconteceu comigo e com a maioria dos estudantes que aprendeu como criar o hábito de estudar todos os dias.

Hábito de fato!

Imagine a seguinte cena: você olha o relógio e se dá conta de que está na hora de começar a estudar. Então você olha seu cronograma e separa o material de estudo do dia. Seu planejamento é tão eficiente que você sabe exatamente o que e como estudar.

Mas antes de se sentar na cadeira você respira fundo, olha ao seu redor, ajusta seu pomodoro e sorri pensando no quanto você irá aprender e como sua vida vai melhorar quando passar no concurso.

Enquanto isso, você se esquece do mundo lá fora. Você está tão concentrado que não escuta o barulho dos carros passando, nem o ruído da TV, pois já aprendeu a controlar tanto as distrações internas como externas.

Seu corpo e sua mente estão em perfeita sintonia. Você respeita seu corpo e organizou seu planejamento de estudos de forma que terá tempo suficiente para estudar e descansar.

Você só percebe que está na hora de descansar um pouco quando ouve o som do cronometro. Então você para por alguns instantes, bebe água, vai ao banheiro e volta para os estudos sem enrolação, pois não quer perder o pique.

A cada tópico do edital concluído, uma sensação de vitória. Você sabe o que aprendeu, o que precisa ser revisado com mais frequência e o mais importante: você sabe exatamente como vai fazer isso.

Quando você olha o calendário, vê que a data da prova objetiva está se aproximando e, embora ainda sinta “aquele frio na barriga”, você se sente seguro e confiante.

Dia após dia, essa rotina se repete. E assim, você criou um hábito de estudo.

A partir de agora, essa será sua nova forma de estudar. Conheça quais são os três passos para criar um hábito.

3 passos para criar um hábito de estudo

Tá gostando desse artigo? Não esqueça de deixar seu comentário ao final e curtir nosso Instagram.

1º passo – Três Gatilhos

O gatilho é uma das partes mais importantes do hábito, sendo responsável por lembrar ao cérebro qual rotina deve se executar. Veja abaixo quais são os três principais gatilhos para ficar mais fácil de entender.

  • Horário

O primeiro gatilho é um dos mais simples e eficientes que existe. Mas, para que funcione, é importante que você estude sempre no mesmo horário.

Para que esse gatilho se torne mais eficaz, use um despertador para avisar que está na hora de estudar.

  • Local

Em primeiro lugar, defina um local e estude sempre no mesmo lugar. Em suma, seu ambiente de estudo precisa ser limpo, organizado e silencioso. Você precisa se sentir bem nele.

Use uma biblioteca se não for possível estudar em casa.

  • Estímulo visual

Organize seu material para que fique num lugar de fácil acesso. Afinal de contas, um ambiente de estudos bagunçado acaba enviando ao nosso cérebro a ideia de que a tarefa a ser realizada é maior e mais complexa do que ela realmente é.

Outro estímulo visual muito eficaz é o quadro dos sonhos. Nele, você vai colocar seus objetivos e metas de vida. Vale a foto do edital do seu concurso ou curso, uma casa e tudo mais que te incentive a continuar estudando.

Mas vale ressaltar que para criar um hábito você precisa utilizar os gatilhos todo os dias para que você crie primeiro uma rotina de estudos.

2º Passo – Rotinas de estudos

A rotina é o comportamento desencadeado pelo gatilho e pode ser tida como a parte prática do hábito de estudos. A rotina pode ser física ou emocional.

  • Física

É a maneira que você vai utilizar para estudar, seja por livros, aulas etc. Além disso, aqui também entra seu planejamento com as matérias que quer aprender e o tempo que vai se dedicar.

Uma técnica bastante utilizada no começo é o plano de estudos. Mas os estudante mais avançados não se limitam a isso.

Após um tempo de estudo, alguns estudantes preferem mudar sua técnica e utilizar o Ciclo de Estudos.

  • Emocional

As rotinas de estados emocionais são reações que você tem diante de um determinado acontecimento (gatilho).

Por exemplo, a sua reação ao se deparar com um conteúdo que você não consegue entender.

Eventualmente ao se deparar com tais situações você fica frustrado, desiste fácil e culpa-se por não estar saindo do jeito que você queria ou segue em busca de alternativas para reverter a situação a seu favor?

Nem sempre tudo vai sair exatamente como planejado e muitas vezes a sua capacidade de lidar com imprevistos será testada. Quando isso acontecer, lembre-se do motivo pelo qual está estudando e mantenha o foco.

Não basta apenas preparar os materiais, ter o ambiente de estudo perfeito, contar com os melhores professores, se você não estiver atento aos hábitos sabotadores que estão escondidos na sua mente e que podem estar impedindo você de ter bons resultados.

Até aqui, você aprendeu mais sobre a estrutura dos hábitos. Entendeu um pouco mais sobre a importância de escolher os gatilhos para criar o hábito de estudar e os diferentes tipos de rotinas.

Agora vamos passar para o terceiro e mais importante passo para criar o hábito de estudar.

3º Passo – Recompensa

Sem dúvidas essa é uma das partes mais importantes do hábito. Os cientistas descobriram que é através da recompensa que o cérebro decide se vale apena repetir o mesmo comportamento.

Assim, pense que você é como um cão que precisa ser adestrado. E como um cão, todas as vezes que você realizar bem uma tarefa (estudar) será recompensado ao final.

Essas recompensas também podem ser físicas ou emocionais.

  • Recompensa física

Um bom exemplo seria um descanso depois que terminar a sessão de estudos ou poder ver as redes sociais, dar um passeio com os amigos, assistir um filme, encontrar a namorada etc.

  • Recompensa emocional

Vibre com a sensação de terminar um tópico importante do edital ou sinta o prazer por ter acertado muitas questões. Tenha orgulho de si mesmo ao conseguir por em prática seu planejamento de estudo. A cada etapa vencida, sendo ela diária ou semanal, sempre comemore recompensando seu esforço e sua dedicação.

Pensar em recompensas futuras também pode ser muito motivador. Por exemplo:

  • Seu nome escrito no diário oficial
  • Você na universidade
  • O contracheque
  • Como você vai comemorar quando sair o resultado da prova
  • As mudanças que a conquista desse cargo irá lhe trazer

Eu citei alguns exemplos para facilitar, mas essa tarefa é sua. Então pare por alguns minutos e defina quais são as recompensas mais importantes para você.

Inclua as recompensas no seu planejamento de estudo a curto prazo (logo após o estudo); em médio prazo (uma vez por semana) e em longo prazo (uma vez por mês). Estipule as recompensas e o horário para usufruir delas, sempre usando de bom senso.

Eu quero saber nos comentários quais são suas recompensas de longo prazo.

Conclusão

Por fim, criar o hábito de estudar é um dos passos mais importantes que você dará rumo à sua aprovação e é fundamental que você consiga passar por esse processo o mais rápido possível.

Para facilitar esse processo, você deve usar a estrutura completa do hábito descrita nesse artigo: gatilho, rotina e recompensa.

Espero que essas dicas tenham sido úteis para que você consiga finalmente criar o hábito de estudar.

Se você gostou desse artigo e acha que essas dicas podem ajudar mais pessoas a criar bons hábitos de estudo, então, compartilhe com seus amigos.

MAIS DICAS
ASSISTA: os melhores vídeos sobre dicas de estudos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.