Como usar Pronomes de Tratamento e Vocativos

Quando se fala em redação oficial, muitos concurseiros já sentem um frio na barriga, um gelo na espinha, um desespero. Isso se deve ao fato de não se lembrarem como e quando usar corretamente os Pronomes de Tratamento e Vocativos.

Se você tem esses sintomas e – provavelmente tem – acompanhe comigo este artigo.

No nosso dia a dia, na linguagem informal, não é nenhum pouco comum chamarmos as pessoas de Vossa Excelência, Vossa Senhoria etc. Daí vem a dúvida na hora da prova: como é que eu me refiro ao Presidente da República mesmo? Pronto um ponto a menos por bobeira.

O uso adequado dos pronomes de tratamento também serve para que você não passe vergonha. Lembre-se, quando aprovado você provavelmente vai trabalhar com alguma autoridade, e vai precisar usar a linguagem correta.

Pense: se você fosse uma autoridade, é provável que também gostaria que usassem corretamente os pronomes de tratamento e os vocativos impostos à você.

De toda forma, antes de entrarmos nos tópicos Como utilizar os Pronomes e Vocativos aconselho que leiam o Manual de Redação Oficial da Presidência da República.

Como utilizar os Pronomes de Tratamento

Os pronomes de tratamento representam a 2ª pessoa do discurso (com quem se fala), porém toda a concordância deve ser feita com a 3ª pessoa (singular ou plural).

Pode parecer um pouco confuso no começo, mas acompanhe os exemplos para entender melhor.

Exemplos de como usar Pronomes de Tratamento

  • Vossa Excelência saístes com vossos assessores. (errado)
  • Vossa Excelência saiu com seus assessores. (correto)
  • Vossa Senhoria nomeareis o vosso substituto. (errado)
  • Vossa Senhoria nomeará o seu substituto. (correto)

Emprego dos Pronomes de Tratamento

O termo Vossa Excelência (V. Ex.ª) é usado as seguintes autoridades:

No Poder Executivo:

  • Presidente da República;
  • Vice-Presidente da República;
  • Ministros de Estado;
  • Governadores e Vice-Governadores de Estado e do Distrito Federal;
  • Oficiais-Generais das Forças Armadas;
  • Embaixadores;
  • Secretários de Estado dos Governos Estaduais;
  • Prefeitos Municipais;
  • Secretários-Executivos de Ministérios; e
  • demais ocupantes de cargos de natureza especial.

No Poder Legislativo:

  • Deputados Federais e Senadores;
  • Deputados Estaduais e Distritais;
  • Ministros do Tribunal de Contas da União;
  • Conselheiros dos Tribunais de Contas Estaduais;
  • Presidentes das Câmaras Legislativas Municipais.

No Poder Judiciário:

  • Ministros dos Tribunais Superiores;
  • Membros de Tribunais;
  • Juízes;
  • Auditores da Justiça Militar.

Se você ainda não tem seu exemplar do Manual de Redação Oficial impresso, mas gostaria de ter, aprenda como conseguir esse livro de graça do Senado.

Curso de Redação Oficial

Redação Oficial já é um tema bastante cobrado em concurso público, principalmente Pronomes de Tratamento e Vocativos, e quando você entra para o desejado cargo você percebe que usará mais do que imaginava.

Desde que entrei para o serviço público já foram inúmeros ofícios e memorandos enviados. E sempre me batia aquela dúvida sobre qual vocativo usar, além de vários outros termos.

O que me ajudou bastante foi a aula da professora Giancarla, do Alfacon. A princípio são 17 aulas em vídeo, mas o que me salva hoje em dia são os PDFs da aula.

As videoaulas foram excelentes enquanto eu estudava para concurso, inclusive indico para quem quiser adquirir para estudar.

Depois que fui nomeado, tenho os PDFs impressos e guardados na primeira gaveta da minha sala.

Além disso, a professora Giancarla, do Alfacon, é bastante didática. Com certeza você vai gostar. Caso você queira VER UMA AULA SEM PAGAR NADA, basta clicar na imagem abaixo para assistir a aula, baixar o slide ou ouvir a audioaula.

Uso dos Vocativos

A função do vocativo é chamar, e ao ser empregado em comunicações dirigidas aos Chefes de Poder (Executivo, Legislativo e Judiciário) é Excelentíssimo Senhor, seguido do cargo respectivo:

  • Excelentíssimo Senhor Presidente da República,
  • Excelentíssimo Senhor Presidente do Congresso Nacional,
  • Excelentíssimo Senhor Presidente do Supremo Tribunal Federal,

As demais autoridades serão tratadas com o vocativo “Senhor”, seguido do cargo respectivo:

  • Senhor Senador,
  • Senhor Juiz,
  • Senhor  Ministro,
  • Senhor Governador,
  • Senhor Prefeito.

Vossa Senhoria é empregado para as demais autoridades e para particulares.

Observações

Um dos princípios da Redação Oficial é a IMPESSOALIDADE, por isso, deve se evitar usar termos que não estejam no próprio MANUAL DE REDAÇÃO OFICIAL. Termos muito utilizados em outrora, como digníssimo devem ser abolidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

técnicas e tipos de aprendizagem

Tipos de Aprendizagem

O estudante que busca eficiência nos estudos precisa entender todo o processo de desenvolvimento e aprendizagem humano. Certamente utilizar bons tipos de aprendizagem fará com que seu

Leia Mais »