Quais são os tipos de sujeitos

Quando estamos escrevendo, às vezes, cometemos alguns deslizes em relação à concordância por não conseguirmos identificar o sujeito da oração. Saber localizá-lo é uma ótima maneira de evitarmos esse tipo de equívoco e saber quais são os tipos de sujeito pode nos salvar em algumas questões de gramática.

Vamos entender um pouco mais sobre esse termo, que é essencial para a formação da oração. O sujeito é o termo sobre o qual se faz alguma declaração.

Quais são os tipos de sujeito

Observe:

O aluno fez um trabalho impecável.

O termo “o aluno” é o sujeito da oração porque a respeito dele se faz uma afirmação: fez um trabalho impecável. O verbo, geralmente, concorda com o sujeito. Observe que se colocamos o sujeito no plural, o verbo também vai para o plural:

Os alunos fizeram um trabalho impecável.

cinco tipos de sujeitos

Há 5 tipos de sujeito

Sujeito simples

Apresenta um único núcleo, que é a palavra mais importante do sujeito:

O índice de homicídios no Brasil aumentou.

Embora o sujeito seja toda a expressão “O índice de homicídios no Brasil”, a palavra mais importante do sujeito e com a qual o verbo concorda é “índice”, isto é, o que aumentou foi o índice.

Sujeito composto

Apresenta mais de um núcleo:

Alunos e professores da universidade protestaram contra o corte de verbas.

Aqui, há dois núcleos: alunos e professores.

Sujeito oculto, elíptico ou desinencial

Não aparece explicitamente na oração, mas é possível identifica-lo por meio da terminação verbal:

Fizemos a trilha em três horas e meia.

É possível saber que o sujeito é “nós” porque é o único pronome possível para a flexão do verbo “fizemos”. Basta perguntar: Quem fizemos? A resposta é: Nós fizemos.

Sujeito indeterminado

Ocorre quando alguém pratica a ação expressa pelo verbo, mas não é possível determinar quem. O sujeito será indeterminado quando em dois casos

  • O verbo estiver na 3ª pessoa do plural: Roubaram meu celular.
  • O verbo estiver na 3ª pessoa do singular, acompanhado da partícula SE: Precisa-se de funcionários com experiência.

Sujeito inexistente ou oração sem sujeito

Ocorre quando o predicado não se refere a nenhum ser e apresenta um verbo impessoal, que deve ficar no singular. São exemplos de verbos impessoais:

  • Verbo haver, com sentido de existir ou acontecer: Havia trinta alunos na sala: Houve tumultos na saída do show.
  • Verbos que indicam fenômenos da natureza: Choveu durante a noite.
  • Verbos fazer e haver, indicando tempo passado: Faz 15 dias que não chove. Isso aconteceu há 3 anos.

Quer aprender mais sobre quais são os tipos de SUJEITO?

Veja aqui:

No Canal Português com Letícia, tem uma aula completinha sobre esse assunto e muitos outros! Inscreva-se para não perder nadinha! Letícia Góes possui graduação e mestrado em Letras pela USP, atua como professora de Língua Portuguesa no ensino regular e mantém o canal Português com Letícia, em que disponibiliza aulas gratuitamente no YouTube.

1 comentário em “Quais são os tipos de sujeitos”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

técnicas e tipos de aprendizagem

Tipos de Aprendizagem

O estudante que busca eficiência nos estudos precisa entender todo o processo de desenvolvimento e aprendizagem humano. Certamente utilizar bons tipos de aprendizagem fará com que seu

Leia Mais »