Quem pode fazer o Enem?

O Exame Nacional do Ensino Médio representa para muitos estudantes a possibilidade de entrar em uma boa universidade pública. Entretanto, antes de se inscrever no Enem, é importante que o candidato leia o edital atentamente. Como o edital é bem extenso, neste artigo vamos nos ater apenas sobre quem pode fazer o Enem.

Com quantos anos pode fazer o Enem?

Antes de mais nada, vamos falar do estudante que ainda esteja estudando, os chamados “treineiros do Enem”. Estes podem fazer a prova, porém não poderão utilizar a pontuação para nenhum curso superior. De acordo com o edital, a nota dos “treineiros” serão disponibilizadas apenas dois meses após as notas dos demais participantes.

Vale lembrar que até 2016, a prova valia como certificado de conclusão do ensino médio para quem não estivesse matriculado em uma escola regular, mas desde 2017 isso deixou de acontecer. Portanto a prova do Enem não vale mais para que o candidato consiga o Certificado do Ensino Médio.

Abaixo vamos falar sobre os demais casos.

Quem tem nível superior pode fazer Enem?

Mas eu já tenho pós-graduação, posso fazer? Sim claro. Do mesmo modo, aquelas pessoas que já se formaram a muito tempo também podem fazer o Enem.

Como funciona no caso de lactantes e portadores de necessidades?

Em síntese, lactantes e candidatos com algum tipo de necessidade especial precisam informar sua condição no ato da inscrição. Por outro lado, o candidato terá que comprovar essa condição por meio de documentos.

Confira abaixo, algumas situações que separamos de pessoas que podem realizar as provas.

Se chegar atrasado, eu posso fazer o Enem?

Decerto que não. Infelizmente, no Enem não tem jeito! Ao passo que na hora exata os portões se fecham e não há nenhuma desculpa que faça os inspetores mudarem de ideia. Um bom conselho é deixar tudo organizado na bolsa, um dia antes da prova, durma cedo e coloque o despertador para umas três horas antes.

Qual o melhor cursinho para o Enem? Descubra agora mesmo

Eu estou grávida, posso fazer o Enem?

Grávidas também podem fazer o Enem e, caso precisem de algum atendimento especial, devem informar no momento da inscrição, através da opção: gestante. Semelhantemente, o horário de entrada e as regras em geral são iguais para todos os candidatos, inclusive para as gestantes.

Lactante pode fazer o Enem?

Sim, sem nenhum problema. Ademais, as mulheres que estiverem amamentando devem indicar no ato da inscrição que são lactantes. Dessa forma, poderão levar um acompanhante adulto, que ficará cuidando da criança durante a prova, para que ela possa ser amamentada.

Portadores de necessidades

Também podem. A princípio o MEC instituiu que os candidatos que tenham qualquer tipo de necessidade especial precisam ter atendimento especializado.

Só é necessário, assim como em todos os outros casos, que o candidato informe qual a sua condição no ato da inscrição, para que ele possa ter um atendimento especializado.

Por exemplo:

  • prova em braile, no caso de cegueira; ou
  • necessidade de um guia para uma pessoa com surdo-cegueira.

Você acha que passar no Enem é difícil? Veja aqui

Idoso pode fazer a prova do Enem?

Claro. No Enem não há limite de idade. Acima de tudo, só é necessário que o candidato informe no momento da inscrição online, se necessita de algum atendimento especializado.

Quem estiver hospitalizado pode fazer a prova?

Depende do caso. O edital do Enem informa que nesse caso, somente “participantes em situação de classe hospitalar“. Ou seja, quem por questão de saúde, está sendo escolarizado dentro de um hospital ou outra instituição de saúde, ou estudantes que estejam internados para fazer um tratamento de saúde. Assim, candidatos que estiverem marcado alguma operação ou consulta no dia da prova não terão direito a fazer o exame.

Presos também fazem Enem?

Sim, até mesmo presidiários estão dentro da lista de quem pode fazer o Enem. Entretanto, o edital é diferenciado em virtude da condição do candidato e deve obedecer a regras, datas e locais separados dos outros candidatos.

Se você gostou do post ou ficou com alguma dúvida escreva abaixo nos comentários!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *